14 de junho de 2010

3 Poemas


3 Poemas


Chegaste
de mansinho
docemente
Bateste
à porta do meu mundo
levemente
Olhaste
à volta e viste desilusão
desânimo
Sorriste
e ofereceste os braços abertos
O caminho era árido
mas aceitaste a caminhada
Unimos as mãos
e subimos a íngreme escada...

~~~~~~

Ama a vida
sorve-a de um só trago
com a vertigem
de quem corre
em busca de madrugadas
arrastadas por sussurros
e murmúrios
vindos de um coração
do tamanho do universo
aberto para um afecto
que poderá ser eterno.

~~~~~~

As estrelas
fazem riscos fundos nos céus
Ficam rastos intocáveis
que só agarramos
quando Deus
chega mais perto de nós.

Maximina Girão

0 comentários:

Enviar um comentário