4 de agosto de 2014

Memória de um amor que nunca foi...................


E são de aves
as folhas que tombam
e não há chão nem vento onde se deitem.

Melhor dormir se o tempo se faz sem ti
e guardar-te em sonho
até tu mesmo seres noite.

Mia Couto

0 comentários:

Enviar um comentário