28 de março de 2015

Algoritmo da vida

Algoritmo da vida

A vida soprou-me no primeiro choro
em Maio no primeiro dia ...
longe da terra que seria minha
na terra que um dia me veria

A vida levou-me para a mãe África
uma mãe mágica, musical, quente...
cresci absorvendo a sua seiva
e sua sabedoria gravei na mente.

A vida com as suas voltas retorcidas
fez-me voltar à terra onde a vida me soprou
longe da terra que era a minha
mãe África que no passado ficou

A vida fez-me provar a escassez,
a injustiça, o desencanto e impotência
A vida fortaleceu-me de de mim fez
guerreira contra as suas adversidades.

A vida trouxe-me desamor
acompanhado por dois grandes amores
A vida trouxe-me uma grande dor...
Meu filho, metade de mim já sem vida.

Maria do Resgate Salta

23 de março de 2015

Raio de arco-íris



A macia alma foi-se
vestindo de farrapos,
agrestes e cinzentos,
costurados pelas dores.

Nela existe o belo,
num canto ao sol nascer
raio de arco-iris,
fazendo a alma sorrir.

(com Nuno Salta e Sano Ogawa)

Maria Resgate Salta

21 de março de 2015

Porque o povo diz verdades.....................


Porque o povo diz verdades

Porque o povo diz verdades,
Tremem de medo os tiranos,
Pressentindo a derrocada
Da grande prisão sem grades
Onde há já milhares de anos
A razão vive enjaulada.

Vem perto o fim do capricho
Dessa nobreza postiça,
Irmã gémea da preguiça,
Mais asquerosa que o lixo.

Já o escravo se convence
A lutar por sua prol
Já sabe que lhe pertence
No mundo um lugar ao sol.

Do céu não se quer lembrar,
Já não se deixa roubar,
Por medo ao tal satanás,
Já não adora bonecos
Que, se os fazem em canecos,
Nem dão estrume capaz.

Mostra-lhe o saber moderno
Que levou a vida inteira
Preso àquela ratoeira
Que há entre o céu e o inferno.

António Aleixo

20 de março de 2015

Microliteratura .................Amigo(a)




1.

Na desventura fria
que a vida arrefece
o brilho quente,
a palavra doce,
o abraço firme
do Amigo
reacende e aquece
a esperança em nós.

2.

Hoje vi uma Amiga
abracei-a com carinho
agradecida
por viajar até mim
num momento de escuridão.
O seu brilho iluminou-me!

(dedicado à Filomena Castro ♥)

3.

 Perfeita magia
que suporta vendavais, furacões
e mesmo nas tempestades
continua a amizade.
Amigo que sorris sabendo que os espinhos têm rosas!

4.

Um dia chorei
porque perdi um amigo.
Um dia chorei
porque descobri que não era amigo.
Um dia chorei
com saudades do amigo que nunca o tinha sido.

5.

A melodia
que nos ergue...
O toque
que nos emociona...
A confiança
que nos une...
Amigo é sempre.

6.

Folha invisivelmente pintada
com as cores do abraço..
Ser e estar no preciso momento
Amigo e amizade num laço.

7.

A nota do piano
que nos toca o coração...
O quente fio de oiro
que aquece a palavra...
Amigo é sentido
que abraça a nossa dor.

8.

É sombra,
é abrigo
é bonança na tempestade
e abundância na escassez...
Amigo,
quase uma raridade!

9.

Uma voz quente
na palma da mão
oferta o coração
ao Amigo carente.

10.

Na memória estás,
no coração vives.
És filho, és amor, és amigo,
saído do ventre da mãe
para seres sua luz
no universo da tua vida.

(dedicado a todas as mães que perderam seus filhos)

Maria Resgate Salta